Bairro de Alfama e Rio Tejo em Lisboa

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Uma curta de animação: A ponte











"Uma comida rica?"



Como dizem alguns alunos: "O bacalhau/arroz, etc. está muito rico"... Ai, o espanhol a trair-nos mais uma vez...


port. rico
adjetivo
1.que tem riquezasopulento
2.abundantefértil
3.magníficoesplêndido
4.preciosovalioso
5.beloagradável
6.querido
7.figurado feliz
nome masculino
indivíduo que tem riquezas ou possui coisas de valor
Do gótico reiks, «poderoso», pelo antigo alto- al. rihhi, «idem»


esp. rico
adjetivo
1. (adinerado) rico, abastado
2. (abundante) rico [en, em], abundante [en, em];
rico en vitaminas rico em vitaminas
3. (comida) saboroso, gostoso, delicioso


Infopédia. Dicionários da Porto Editora




Atenção: TUDO e todo



Há diferença entre tudo (invariável) / todo (variável: todo, toda, todos, todas) em português. Gera muita confusão nos alunos espanhóis, ou hispano-falantes para melhor dizer. Mas achei este vídeo, e julgo que será bom para alguns (muitos?) de vocês.





De manhã, à tarde, à noite; de manhã, à tarde, à noite...









quarta-feira, 26 de abril de 2017

Cumprimentar, apresentar e apresentar-se...


Para os alunos do 1º ano, estes diálogos retirados do livro Lusofonia, como apoio do que estamos a estudar neste momento.


A Ana e o João estão numa esplanada. O Carlos passa na rua e cumprimenta a Ana.

Carlos: Olá, viva!
Ana: Olá, bom dia!
João: Quem é ele? Eu não o conheço...
Ana: É o Carlos Santos. É meu vizinho.
João: O que é que ele faz?
Ana: Trabalha na Rádio.
João: Ah sim ? É jornalista?
Ana: Não. Trabalha nos serviços administrativos.
João: Parece simpático!...
Ana: Ele é simpático... É mesmo muito simpático!...



A Joana encontra a Teresa e apresenta-lhe o irmão, o Miguel.

Joana: Olá, Teresinha, bom dia!
Teresa: Ó Joana! Olá, por aqui? Estás boa?
Joana: Estou ótima. É verdade, já conheces o meu irmão?
Teresa: É o teu irmão?! Sou a Teresa Almeida. Muito prazer.
Miguel: Muito prazer. Miguel Ramos.
Joana: Para onde é que tu vais?
Teresa: Vou para a biblioteca.
Miguel: Olha que coincidência! Nós também...
Joana: Ótimo! Vamos todos...



O João e o Pedro são amigos e encontram-se na rua por acaso ...

João: Olá. Bom dia. Tudo bem?
Pedro: Olá, João! Viva! Como é que estás?
João: Estou ótimo. Onde é que vais?
Pedro: Vou ali ao quiosque, vou comprar o jornal; queres vir também?
João: Não, agora não posso. Não tenho tempo. Eu telefono-te mais tarde, OK?
Pedro: Está bem. Então até logo.
João: Até logo.



A D. Manuela apresenta a sra. D. Ana Oliveira ao Director.

D. Manuela: Dá-me licença , sr. Director? Está aqui uma senhora que quer falar com o senhor . É jornalista.
Dir: Ah, sim? Pode mandar entrar.
D. Manuela: Faça favor de entrar, minha senhora.
[Para a senhora] Apresento-lhe o senhor director.
[Para o director] É a senhora D. Ana Oliveira.
Ana: Boa tarde, sr. Director. Sou a Ana Oliveira. Muito prazer.
Dir: Faça o favor de se sentar. Toma um café?
Ana: Um café? Tomo com muito gosto. Muito obrigada.




terça-feira, 25 de abril de 2017

O 25 de Abril para as Crianças: O Tesouro, de Manuel António Pina



Vamos ler um breve conto intitulado O Tesouro, escrito por Manuel António Pina, para que vocês comprendam o significado da Revolução do 25 de Abril de 1974, conhecida como a Revolução dos Cravos, para a história contemporânea de Portugal.

Arquivo Electrónico / O 25 de Abril para os mais novos








"A música que em 25 de Abril de 1974 lançou os Militares Portugueses para a rua. Era o inicio do golpe de Estado. "Acabava" a Ditadura.."




segunda-feira, 24 de abril de 2017

De "-ción" espanhol a -ção português


Estão a ver? É muito fácil aprender muito vocabulário português sem esforço sendo espanhol ou falando a nossa língua.

Vou dar uma dica muito fácil. Como passar de palavras espanholas que terminam em -ción para as correspondentes palavras portuguesas. Substituímos esta terminação por -ção, e pronto, já temos a palavra em português. A origem é a terminação latina -tione (Já temos falado várias vezes do latim, língua mãe das nossas duas línguas).

Por exemplo, vejam como é fácil passar do espanhol "canción" para o português canção.

Agora podem fazer vocês:

imaginación, tentación, nación, situación, animación, edición, loción, tradición...


Há algumas excepções como lição ("lección"), mas não faz mal. Essas excepções vocês aprendem aos poucos.


,




"Karingana ua karingana"



Karingana ua karingana: Fórmula clássica de iniciar um conto em Moçambique e que possui o mesmo significado de “Era uma vez”.  É o título de um livro do poeta moçambicano José Craveirinha.







quinta-feira, 20 de abril de 2017

A viajar de elétrico por Lisboa







Uma janela para o Iván



De certeza que o Iván, da turma do 1º D, poderá debruçar-se desta janela, ou da outra cá em baixo, porque de uma "chanela" não o poderia fazer... Reparem no som do j [ʒ], é bem diferente do som representado pelas letras ch, ou x, já sabem: [ʃ]

Ah, por causa da janela lembrei-me de uma bonita canção tradicional do Alentejo intitulada Menina estás à janela, que recolheu, arranjou e canta o nosso amigo Vitorino. Clicamos no link e ouvimos.



 Menina na janela (Fotografia de Sílvio Riechi)





Revisão dos indefinidos



E não se esqueçam dos indefinidos invariáveis:


Para pessoas: alguém / ninguém

Para coisas: tudo (= todas as coisas) / nada



quarta-feira, 19 de abril de 2017

"Viajar! Perder países!" (Fernando Pessoa)


    Viajar! Perder países!
    Ser outro constantemente,
    Por a alma não ter raízes
    De viver de ver somente!
    Não pertencer nem a mim!
    Ir em frente, ir a seguir
    A ausência de ter um fim,
    E a ânsia de o conseguir!

    Viajar assim é viagem.
    Mas faço-o sem ter de meu
    Mais que o sonho da passagem.
    O resto é só terra e céu.

    Fernando Pessoa, 20-9-1933




terça-feira, 18 de abril de 2017

Os meus amigos (António Torrado)


Reuniu-se a família. Veio a avó, o pai, a mãe, o miúdo mais graúdo, o miúdo mais miúdo, e a prima Elisa que nunca falta a estas coisas. Reuniu-se por tanto a família toda à volta de uma mesa. Não era dia de Natal. Não era dia de anos. Era um dia qualquer...

António Torrado, Os meus amigos




23 de abril - Dia Mundial do Livro



Voltamos das férias da Páscoa a recordar que nesta semana calha em domingo o dia 23 de abril, Dia Mundial do Livro...






quinta-feira, 6 de abril de 2017

João e Maria (Chico Buarque e Nara Leão)



Não é bonita esta canção com música de Sivuca e letra de Chico Buarque, que canta com a sua querida amiga, Nara Leão? Fica logo no ouvido, quer dizer, é "pegadiza", como nós dizemos em espanhol, não é?

É uma canção brasileira e os brasileiros usam você mais a terceira pessoa, onde os portugueses usam tu mais a segunda pessoa.

*********************

Sirva esta bonita música como despedida até ao nosso regresso. Cá estão as férias da Páscoa, meninas e  meninos.

Descansem e reservem um bocado do vosso tempo para a leitura...







Quem é que não gosta do mar?




Eu gosto do mar
Tu gostas do mar
Ele, ela, você, o senhor, a senhora gosta do mar
Nós gostamos do mar
Vocês, os senhores, as senhoras gostam do mar
Eles, elas gostam do mar

Toda a gente gosta do mar!


Será que alguém não gosta? De certeza, haverá, mas poucos, acho eu. E vocês, gostam ou não gostam?




quarta-feira, 5 de abril de 2017

A saltar da ponte D. Luís para o rio Douro



Desporto de risco? Se vocês fossem mais velhos, saltavam? Se não apreciam a altura de onde estes jovens vão saltar para as águas do rio Douro, reparem na fotografia. A altura desde o tabuleiro inferior da ponte até a água é de 25 m




A Ponte Luís I ou Luiz I, popularmente também chamada Ponte D. Luís, é uma ponte em estrutura metálica com dois tabuleiros, construída entre os anos 1881 e 1888, ligando as cidades do Porto e Vila Nova de Gaia (margem norte e sul, respectivamente) separadas pelo rio Douro, em Portugal.

Esta construção veio substituir a antiga ponte pênsil que existia no mesmo local e foi realizada mediante o projecto do engenheiro belga Théophile Seyrig, que já tinha colaborado anteriormente com Gustave Eiffel na construção da ponte Maria Pia, ferroviária.

A ponte foi inaugurada em 1886 (tabuleiro superior) e 1888 (tabuleiro inferior e entrada em total funcionamento)

(Wikipédia)



terça-feira, 4 de abril de 2017

A cadeira não é um baloiço. A cadeira não é um baloiço...



Dedicado para a Zaira, a Violeta, a Carla, o André, o Carlos... Esqueço-me de alguém?

A cadeira não é um baloico.

A cadeira não é um baloico.

A cadeira não é um baloico.

A cadeira não é um baloico.

A cadeira não é um baloico.









Isto é uma cadeira de baloiço. Como é que se chama em espanhol? Se calhar, estes alunos gostavam de ter cadeiras de baloiço na sala de aula...






Será este um livro de bolso?



Parece que não é... 😊





segunda-feira, 3 de abril de 2017

Algumas mudanças de género

Uma árvore

Por via de regra, há coincidência entre o género das palavras espanholas e das portuguesas, mas há uma série delas muito comuns que mudam: masculinas em espanhol e femininas em português e, ao contrário, femininas em espanhol e masculinas em português.

PALAVRAS MASCULINAS EM ESPANHOL

a viagem
a garagem
a origem
a ponte
a cor
a dor
a árvore
a laranjeira
a pereira
a macieira  (e muitas mais árvores de fruto)


PALAVRAS FEMININAS EM ESPANHOL

o leite
o mel
o nariz
o postal
o sangue
o ensino (lembrem-se: Escola de ensino secundário)
o riso
o sorriso
os legumes
o costume (todas as palavras acabadas em -ume)
os croquetes
o bê, o agá, o jota, o xis... (todos os nomes das letras são masculinos em português)

Desse modo, os adjectivos que acompanham estas palavras devem concordar com o género, como é lógico, da palavra portuguesa:

"A leite é boa" (erro, estamos a pensar em espanhol) deve ser  O leite é bom

"A sal é branca" (erro) deve ser O sal é branco

"Ela tem uma nariz bonita" (erro, mais uma vez) deve ser Ela tem um nariz bonito.





O leite é branco

 Alguém adulterou leite no Brasil com água oxigenada

Recuperamos esta mensagem porque ainda há alunos que  pensam que a palavra leite é feminina em português, como acontece em espanhol.

Pois é, o leite, e não a leite. A palavra espanhola "leche" é feminina, sim, mas a palavra portuguesa leite é masculina, e daí o artigo, e a concordância com o adjetivo:

O leite é bom 
O leite é branco

Se o leite não é de boa qualidade, teríamos de dizer, é claro, que o leite é mau.
Quais são os diferentes tipos de leite comercializados? Leite gordo, leite meio-gordo e leite magro.